Remo é maior que o Paysandu nas bancadas e Urawa Reds do Japão está na frente de Corinthians e Palmeiras 

Braitner Moreira do Correio Braziliense fez um trabalho sensacional e que nos mostra definitivamente o quanto de dinheiro foi rasgado na construção das tais Arenas.

As benditas Arenas de Brasília, Manaus, Natal e Cuiabá investiram para mais de R$ 8 bilhões nesses elefantes , sendo que 82% foi de dinheiro público .

Para sublinhar melhor o trabalho do Braitner Moreira basta ver que na lista dos 100 maiores clubes em arrecadação no mundo , os gigantes brasileiros aparecem assim : Palmeiras (56º) ,Corinthians (74º) e Internacional (96º).

A lista contém 2956 clubes de ligas do mundo todo.

Caminhando para a parte de cima do mapa, na região norte ,a gente facilmente descobre o elefantão que foi erguido em Manaus ao ver o Nacional na 4ª divisão , ocupar a posição 2196 com a média de / 421 expectadores.

 Na casa dos 400/ espectadores está o Águia de Marabá que se posiciona à frente do Cuiabá que pela conversa ministerial iria se dar bem com a Arena Pantanal.

 Que Remo-Paysandu sao protagonistas no Norte, os urubus estão carecas de saber. Mas o que vai causar problemas nas tabernas ,é a considerável distância imposta pelo Remo ao Paysandu.

Remo na posição 275, 3ª divisão e média de 14068.

Paysandu na posição 437 , 2ª divisão e média de 8902.

Perceberam a diferença entre os vizinhos ??? 

As Arenas foram empurradas com a maravilhosa potoca de que iriam desenvolver o futebol em Brasília, Manaus, Cuibá e Natal. Nada vinga por lá.

Remo-Paysandu e todo o futebol paraense , sim, mereciam ser vistos com mais atenção. Mas, é como disse o homem da FIFA, quando do sorteio para as sedes dos mundiais havia um –

probleminha Belém- Manaus…



Para fechar e acabar com outra maldita potoca, a de que o Brasil é o país do futebol e trálálá , a lista aponta o Urawa Reds / Japão na posição geral 48ª/ 1ª divisão / média 36935 à frente do Palmeiras / 56ª / com média de 32471 e também do Corinthians / 74ª/ com média de 28764 espectadores.

Não bastasse tudo isso, se somarmos o trio carioca Vasco, Fluminense e Botafogo, eles não ultrapassam o Urawa Reds da província de Saitama.

A reportagem de Braitner Moreira pode causar azia em muita gente , mas é digna de ser lida com muita calma e com isso provocar boas reflexões sobre o futebol brasileiro e seus ‘relvados ‘ maltratados.

A única coisa que eu sempre soube , é que o Chico Vasques no Bairro do Souza, está de bom tamanho para nós, adeptos da Tuna Luso. 5 mil expectadores está do nosso top, cabe bem as nossas kombis ao redor e é confortável o cimento quente.

O link completo da boa reportagem de Braitner Moreira segue abaixo. Boa leitura

http://especiais.correiobraziliense.com.br/media-publico-futebol-mundial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s