Amigo de -vera 

Em algum momento, muitas amizades são repartidas. Falo da amizade de -vera. Elas acontecem por variadas razões , a vida de todos nós tem enes capítulos e são todos bem distintos.

As correntezas tomam rumo diferente nos mais variados rios.

Mas foi por um acaso em um dia de aguaceiros que me abriguei em uma baiúca nada recomendável para alguns bonitinhos… dessas que vive cheia de ocorrências e com um cenário que tinha um – cheiro de Charles Bukowski -espalhando nas mesas penças. Então enxuguei uma e mais uma… e de vez em quando puxava a cortina para ver se ele chegaria e como seria sua entrada .Viria?

O amigo de vera, o chegado, o que calado escuta, e sempre sabe a hora certa de fazer o revezamento , até mesmo no encher do copo.

É nessas horas que a gente maltrata ou é maltratado . Mesmo que não sigamos a milimétrica bula amiga, acabamos sempre escutando o que queríamos escutar.

Sobrou um puta de um silêncio . Nem barulho dos respingos. Ele não apareceu. Deixo uma paga.

Na saída quase tropeço na p… da tábua .Mas uma hora vai acontecer. Seja onde for.

  • para o Seo Rüdi, filho do Chiquinho tocador de jazz e alfaiate nas horas vagas)
Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s