Léo Moura vai à justiça cobrar adicional noturno e Flamengo decreta o fim do amor ” pra sempre”

LÉO MOURA vs FLAMENGO 

Uma hora, alguém ia descobrir essa brecha antiga . Léo Moura jogou mais 500 partidas pelo Flamengo e não seria de assustar de também vermos mais de 500 declarações apaixonadas do chutador ao rubro-negro da Gávea . 

As tais concentrações sempre tiveram um papel importante na vida dos clubes brasileiros. Sempre houve uma lista infinita para o uso delas. Passando pela qualidade da comida ao tal fechamento do grupo.

Depois de anos de uso, a conta chegou. Léo Moura e mais alguns jogadores famosos foram alertados para uma coisa que clubes e dirigentes, nunca haviam pensado. As horas do adicional noturno ,acumuladas nas benditas concentrações .

O jogador cobra adicional noturno e mais direito de Arena dos períodos 2011/15. Algo com uns 300 mil reais . 

O lateral não sente nem um constrangimento pela causa impretatada contra seu clube de -coração -Alega que está apenas buscando seus direitos e que a torcida vai compreendê-lo perfeitamente.

O empregador hoje de Léo Moura é o Santa Cruz. Estaria o santinha pagando os adicionais noturno , insalubridade…  ???

É mais uma questão seríssima para os departamentos jurídicos dos clubes se debruçarem.

O país está realmente de cabeça para baixo. Não existe em lugar nenhum, garantias de que existe saídas para virose que os consome. O futuro está na mão contrária.

Léo Moura encontra o Flamengo na próxima rodada, quando Santa Cruz- Flamengo se encaram no brasileirão .

Abaixo, algumas declarações extraídas do site Globoesporte e do UOL.

Segundo Léo Moura, representado pelo advogado Leonardo Laporta Costa, foram 40 horas extras em jogos do Flamengo como visitante e outras 20 horas extras na condição de mandante. Também terminaram citados os não pagamentos de horas noturnas e o descanso semanal remunerado.

– É uma decisão extremamente difícil. É apenas pelo direito e o lado profissional. A minha relação com o clube Flamengo jamais vai mudar, até porque outros jogadores recentes fizeram o mesmo e receberam o que é de direito em um acordo com o Flamengo (…) A torcida do Flamengo é muito maior do que isso. Estou tranquilo com relação e vou procurar jogar bem e ajudar minha equipe – afirmou o atleta. R      

– Assim ele fecha as portas do Flamengo. Cobrar hora extra de concentração? Um atleta que teve jogo de despedida – lamentou um dirigente que não quis se identificar, lembrando o amistoso contra o Nacional do Uruguai, no Maracanã, em 2015.

– Entendemos que não devemos nada. Veja que o atleta não reclama nada que é de praxe em ação trabalhista, como verbas não pagas por FGTS, 13º salário etc. Tudo depende de provas documentais e testemunhais. O que posso afirmar por enquanto é que o Flamengo vai se defender de todos os itens pedidos na ação inicial – garantiu o diretor jurídico rubro-negro Bernardo Accioly.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s