O zagueiro Pinheirão impondo respeito vs o Paysandu de Bené e Moreira

Deu no https://wiltreze.wordpress.com/2009/02/05/batendo-bola-comer-e-beber-as-vezes-atrapalha/

Ozagueiro Pinheirão fez história no futebol do Pará.

Não ficou muito tempo no Remo porque gostava de tomar umas e

outras. Dispensado pelo Leão, o beque foi parar no Liberato de

Castro. O time não era lá essas coisas, mas Pinheirão

descobriu um modo de impor respeito. Antes do jogo contra o Paysandu,

chamou um dirigente do seu time e pediu uma garrafa de conhaque. O

cartola se aporrinhou.. Mas quando ia reclamar ouviu o pedido dos

outros jogadores. Quando a bebida chegou no vestiário,

Pinheirão abriu a garrafa e encheu a boca. Depois cuspiu tudo

fora. Fez a mesma coisa umas três vezes. Em seguida sacudiu um

pouco no próprio uniforme que ficou só conhaque.
O

Liberato entrou em campo e o zagueiro foi pra perto de Moreira e

Bené, uma dupla infernal de atacantes, que o Paysandu teve nos

anos 70: Quem

entrar na minha área hoje vai morrer! Os artilheiros do Papão

sentiram aquele cheiro característico e foram jogar do meio

campo pra trás. O jogo terminou zero a zero e Pinheirão

quase se vaza de tanto rir da cara de medo dos atacantes adversários.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s