Sampaoli defende Everson e criticou assobios – Santos 2-1 Ceará

– As pessoas são muito imediatas. Não há nenhuma possibilidade de que se desfrute uma partida, só exigem que ganhem e ganhem. Na minha carreira, não me interessa que me aplaudam porque ganhei, mas sim que me aplaudam para eu ganhar.

– Enxerguei como uma falta de respeito. O Everson é uma peça chave desta campanha, me parece até irresponsável culpar ele por algo. Ele faz um ano incrível no Santos. Isso é vergonhoso. Se aproveitam de um momento de dor, de que a equipe está perdendo. O Vanderlei é muito reconhecido, mas o Everson mostrou, com o tempo, o motivo de estar no gol do Santos – afirmou Sampaoli.

Capa do dia – 50% DOS BRASILEIROS VIVEM COM 413 REAIS POR MÊS

A capa do dia – PM atira com fuzil e chuta manifestante após enterro

Colchester United vs Tottеnhаm 4-3 – All Goals & Highlight 2019

Arsenal vs Nottingham Forest 5−0 – All Gоals & Extеndеd Hіghlіghts – 2019

A capa do dia- A MAMÃE TÁ AQUI, FICA COM A MAMÃE ‘

Barcelona lança camisa igual à do Madureira

Foto e repórter Ricardo Cassiano / Agência O Dia

O jornal espanhol Sport revelou a nova camisa oficial do Barcelona para a temporada 2020-21, que muitos torcedores do Madureira interpretaram como um tributo ao clube do coração. “Obrigado pela homenagem, Barcelona”, brincou o Twitter oficial do Tricolor Suburbano, com uma foto do manto catalão, que resgata um uniforme do início do século passado.

Mas para Raquel Alves, ilustre torcedora do ‘Madurona’ e sócia há 39 anos, a camisa do Barça é um plágio evidente. “Sou a fã número um do Madureira. Todo mundo me conhece aqui, até os pombos”, diz, orgulhosa, a senhora de 69 anos, que vende doces na sede do clube. Ela é viúva do armador Nair José da Silva, que jogou no Madureira, no Corinthians e em outros times. Depois de opinar sobre a camisa do Barça, ela bate o martelo: “O Madureira é melhor, com toda certeza. Não troco meu Madureira por nada”.

Elias Duba, presidente da agremiação da Zona Norte, explica que as cores da camisa atual resultaram de uma fusão de três clubes. Em 1971, o Madureira Atlético Clube, cujas cores eram um roxo claro e o azul, juntou-se ao Império Basquete Clube, do qual herdou o amarelo vivo, e ao Madureira Tênis Clube. Desde então, o uniforme 1 inclui a clássica camisa com listras largas nas cores azul e grená, entremeadas por uma fina faixa amarela. “O Madureira já usou tonalidades mais abertas nas camisas, mas, ultimamente, eu tenho escurecido as cores. Assim, a camisa fica fina e sóbria”, comenta. 

Para ele, a semelhança com o uniforme do Barcelona é bem-vinda. “Mas só no uniforme”, brinca. E lembra que o Barça já tinha se apropriado de outro produto original do Madureira: Evaristo de Macedo, atacante que também virou ídolo do Real Madrid e é o único jogador da Seleção a ter marcado cinco vezes em uma só partida.

A criançada que faz escolinha no Madureira aprova a semelhança. Após receber a equipe do MEIA HORA com uma alegria efusiva, todos deixaram claro o sonho de jogar no Barça. “Quero ser o Messi”, diz um deles, com um sorriso no rosto. Outro pergunta: “Vai aumentar o nosso salário, não é, professor?”.

Capa do dia – CINCO CRIANÇAS MORTAS NINGUÉM PRESO

Capa do dia – Vuaden deixa papão na série C

A capa do dia – Timbu subiu!

%d blogueiros gostam disto: